O GUARDA QUE ESCREVIA POESIAS NO TRÂNSITO

Toma nota
placa a placa
guarda números
verdes, vermelhos, amarelos
sinais fechados
sinais abertos
letras anotadas
— literalmente uma literatura de esquina!
Os motores carecem de poesia

21.03.97

Anúncios

Sobre luizcavalinijr

Jornalista por formação e publicitário por profissão e paixão.
Esse post foi publicado em Poesia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s