ANJOS?

de cara com a palavra
subiu
a Ladeira da Memória
na fonte do Metrô-Anhangabaú
fontes dos olhos alheios
crianças banhavam-se em miserável tanque
depois viu um lado do Teatro
subiu mais
escalou o Edifício Itália
vertigem na observação da cidade
viu São Paulo com ares pesados
feita a milhares de mãos
planos sonhos curvos turvos curvas
e voou
feito anjos de Wenders
naturalmente
com asas da imaginação
que os deuses impuseram

e no derradeiro vôo
caiu no meio da gente
na rua
na contramão dos sentidos
-As placas não faziam sentido.

Anúncios

Sobre luizcavalinijr

Jornalista por formação e publicitário por profissão e paixão.
Esse post foi publicado em Poesia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s