Trânsito em dias de chuva

(anotações para um poema contemporâneo)

Chove forte.

De dentro do automóvel supõe-se as histórias
surreais panoramas de luzes difusas
pessoas deformadas
e o insistente barulho da água 
na enxurrada de carros, ruas, calçadas, casas
que desaloja a cidade

Anúncios

Sobre luizcavalinijr

Jornalista por formação e publicitário por profissão e paixão.
Esse post foi publicado em Poesia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s