Arquivo do mês: dezembro 2012

A poesia do dia-a-dia

A poesia dos meus dias Está no movimento do seu corpo Dos músculos e nervos involuntários Que retraem num gozo prolongado e preguiçoso A poesia está nas sensações banais da nossa união Além do corpo E muito além da paixão … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário